BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

31 de ago de 2011

“Jesus é radical” – Claudinei M. Oliveira


       
Sexta - feira, 02 de Setembro de 2011.
Evangelho – Lc   5, 33-39

            A novidade do Evangelho não condiz com as coisas velhas. Com estas palavras o evangelista Lucas não perdeu tempo em mandar uma resposta para os homens aproveitadores da época, pois, colocou Jesus na cena da discussão do tema conflitante: devemos seguir os velhos costumes ou procurar um novo modo de vida? Devemos seguir as riscas o que fora ensinado ou ser ousado e procurar algo novo na intenção da maturação da liberdade? Pela resposta de Jesus para  seus opositores vemos que tem uma nova proposta e que a vida deve estar acima dos interesses da cultura imperante.
Jesus, sabiamente volta para os Doutores das Leis e para os Fariseus e afirma: "Ninguém que tomou vinho envelhecido deseja vinho novo, pois diz: 'O velho é melhor'”. As pessoas acostumam nas velhas estruturas e não querem mudanças. Ficam paradas no caminhar e criticam àquelas pessoas que querem caminhar rumo ao novo. São destemidos e abertos para novas opções da vida. Não ficam chocando algo que não tem como vislumbrar nova vida. Assim, são estáticos, inertes, corruptos e retrógados. Fecham-se em si mesmo e com medo de perder os velhos privilégios não descortinam novos olhares.
A mensagem de Jesus é radical. Ele insinua para os corajosos que devem esquecer das antigas tradições mortas para construir novas culturas. Culturas estas capazes de enaltecer o povo, dar ânimo enérgico de transformação social, vestir-se com roupagem jovem:"Ninguém corta um remendo de roupa nova para costurá-lo em roupa velha. Caso contrário, o novo rasga o velho, e o remendo de roupa nova não combina com a roupa velha. Logo, por que insistir remendando situações que não vale a pena? Por que querer preservar uma idéia que não faz sentido para o tempo presente? Jesus, neste caso, é moderno. Veio para radicalizar severamente as velhas estruturas inoperantes. Fala rasgadamente para seus opositores para que possam ouvir e compreender a mensagem. Não esconde de ninguém. Sabe que sua missão é livrar o homem cristão das tensões massacradoras. Por isso não mede palavras e coloca a sua vida para provar o grande amor que tem pelo seu irmão.
Contudo, o Grande Mestre ou o noivo  da festa sabe que vai partir. Deixará seus irmãos. Mas enquanto estiver na festa (mundo) não retaliará seus irmãos da abundância. Todos devem comer e beber  bem. Para que jejuar se o noivo continua presente? Mas os discípulos  de João e dos fariseus jejuavam constantemente. Porem, os discípulos de Jesus não usavam a mesma prática. Ou seja, não cumpria a risca o que a doutrina da igreja celebrava. Os doutores das Leis e alguns Fariseus foram ousados e partiram para o ataque. Queriam colocar Jesus na parede de qualquer jeito. “Se afirmas que és o filho de Deus, por que não cumpra os preceitos de nossos antepassados? Mas Jesus não segurava tradições interesseiras. Era um libertador e sabia que o povo não poderia permanecer a serviço de uma classe social aproveitadora.
Vale bem salientar que nossa igreja, às vezes, prende em certas doutrinas que  já passaram do tempo. Não condiz com a realidade presente. Hoje vivemos aEra da informatização, da tecnologia, alcançando rincões do mundo, novos olhares para nova época, entretanto, a igreja ainda quer preservar preceitos alienantes, descaracterizados e sem fundamentos. Já chegou a hora da igreja modernizar-se, vestir-se nova roupagem, experimentar novos sabores, novos vinhos, novas alegrias, novos prazeres. A nossa igreja deve receber todos de braços abertos e  fazer do novo cristão  festa celebrativa. Não criar empecilho para aqueles que querem receber o sacramento. Acolher cordialmente os filhos de Deus. Jesus não fazia distinção de ninguém. Cuidava de todos com carinho. Até seus inimigos  reconheceram como filho de Deus. Jesus cuidou maravilhosamente dos seus irmãos e ensinou a vencer os obstáculos da vida. Não deixou que os percalços atropelassem quem desejava encontrar o verdadeiro Deus.
Caros leitores, espelhamos neste ousado Jesus que fez e faz história. Saboreamos sua destreza em fazer o povo enxergar a verdadeira realidade. Colocamos este Jesus libertador em nossas vidas e fazemos festa com este noivo imponente. Amém!
-- 
Claudinei M. de Oliveira
Tenha a Paz de Cristo em seu Coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário