BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

19 de ago de 2011

O conhecimento verdadeiro da Palavra deve nos levar a viver da mesma maneira como Jesus viveu – Maria Regina.


                                                 Hoje também, "os mestres da lei", isto é, todos aqueles que se aprofundam no conhecimento da Palavra de Deus e têm a missão de ensinar a outros, têm autoridade para interpretá-La. No entanto, como o próprio Jesus nos recomenda, essa autoridade advém da vivência da Palavra e não apenas da Sua pregação. Entretanto, sabemos que hoje também, na maioria das vezes o que "os mestres" ensinam e pregam não é o que eles fazem. É a lei do "faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço!" Em qualquer seguimento nós encontramos pessoas que perdem a sua autoridade por conta dos contra testemunhos. São pais e mães de famílias, professores, governantes, padres, pastores, que se arvoram do seu posto de chefia e pleiteiam lugares de honra, gostam de ser cumprimentados nas praças públicas e de serem reconhecidos como "mestres", mas na verdade, vivem de fachada. Podemos avaliar como "os mestres" de hoje, toda pessoa que, de alguma forma, se considera responsável pela orientação de alguém, e assume o compromisso de pregar a verdade e de vivê-la.

                                           No seguimento de Cristo, então, todos nós que desejamos levar a Sua Boa Nova ao mundo, precisamos "comer" a Palavra de Deus e digeri-La no nosso coração, a fim de que Ela seja vida na nossa vida. O conhecimento verdadeiro da Palavra deve nos levar a viver da mesma maneira como Jesus viveu, assimilando as Suas virtudes, e gradativamente, nos conformando à Sua pessoa. Muitas vezes nós podemos cair no grande erro de apregoar a Palavra de Deus, sem ter nenhum compromisso com Ela na hora de agir. Dessa forma, nós estamos também "amarrando pesados fardos e os colocando nos ombros de outros" exigindo deles algo que nós mesmos não conseguimos fazer. As ações e as atitudes de todos os que pregam o Evangelho, devem acompanhar as suas palavras, do contrário, haverá uma grande incoerência. Jesus aqui nos fala de coisas bem banais, mas que fazem diferença na nossa vida: "fazem as coisas para serem vistos pelos outros"; "cobram dos outros aquilo que não conseguem fazer"; "gostam de chamar a atenção sobre a sua pessoa; " "gostam de lugar de honra nos banquetes e dos primeiros lugares nas igrejas;"gostam de ser cumprimentados nas praças públicas e de serem chamados de mestre."Meu irmão, minha irmã, reflita: Isto tem acontecido com você? Existe alguma coisa que você prega para os outros, mas não consegue deixar de fazer? O seu testemunho tem sido coerente com o que você fala, prega e ensina?

 Amém

Abraço carinhoso

Maria Regina

Nenhum comentário:

Postar um comentário