BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

9 de ago de 2011

Jesus anuncia a sua morte - Missionários Claretianos


Segunda-feira, 8 de agosto de 2011
19ª Semana do Tempo Comum
São Domingos, Presbítero (Memória).
Outros Santos do Dia: Altmann de Passau (bispo), Ciríaco de Roma (dácono e mártir), Emiliano de Cizico (bispo e mártir),Hormisdas da Pérsia (mártir), Marino de Anazarbo (mártir), Severiano (mártir em Albano).
Primeira leitura: Deuteronômio 10,12-22
Abri, pois, o vosso coração. Amai os estrangeiros, porque vós tamém fostes estrangeiros.
Salmo responsorial: Salmo 147, 12-13.14-15.19-20 (R. 12a)
Glorifica o Senhor, Jerusalém.
Evangelho: Mateus 17, 22-27
Eles o matarão, mas no terceiro dia ele ressuscitará. Os filhos estão isentos dos impostos.

O imposto de que nos fala o evangelho não é um imposto geral, como os que são cobrados hoje em dia sobre bens e serviços, mas um imposto especial, que os israelitas eram obrigados a pagar para a manutenção do Templo de Jerusalém.
A origem deste imposto remontava a épocas remotas, quando os santuários locais eram sustentados pelas famílias do lugar, e os artigos oferecidos para o sacrifício eram consumidos por aqueles que os ofereciam.
Esse mesmo imposto se converteu em uma carga extremamente pesada para o povo pobre, depois das reformas religiosas e as ampliações do edifício, conduzidas por Herodes. A resposta de Jesus aos cobradores de impostos que interpelam Simão Pedro se refere a um abuso, pois as autoridades realizavam dupla arrecadação para o Templo.
Cobravam impostos de todos os judeus e prosélitos que viviam no estrangeiro e cobravam também dos que viviam em Israel. Além de cobrar os impostos ordinários sobre o sacrifício, cobravam também um outro imposto adicional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário