BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

14 de ago de 2011

Eles falam e não praticam -Missionários Claretianos

 

Sábado, 20 de agosto de 2011

20ª Semana do Tempo Comum

São Bernardo, Abade e Doutor da Igreja (Memória).

Outros Santos do Dia: Bernardo de Extremadura (monge), Erberto de Conza (bispo), Filiberto de Jumieges (abade), Leovigildo e Cristóvão (monges, mártires), Lúcio de Chipre (mártir), Máximo de Chinon (abade), Osvino de Deira (rei), Porfírio de Roma (mártir), Samuel (profeta bíblico do Antigo Testamento).

Primeira leitura: Rute 2,1-3.8-11;4,13-17
Bendito seja o Senhor, que não permitiu que faltasse um sucessor à tua família. Ele foi o pai de Jessé, pai de Davi.
Salmo responsorial: Salmo 127,1-5 (R. 4)
Será assim abençoado todo aquele que respeita o Senhor.
Evangelho: Mateus 23, 1-12
Eles falam e não praticam.

A comunidade do evangelista Mateus define o relacionamento entre seus integrantes a partir da fraternidade. Não existe entre eles uma relação de vassalagem, como era acostume em todos os reinos do antigo oriente; nem uma relação clientelista, ao estilo romano, na qual a vontade do patrão imperava sobre seus protegidos; nem uma relação de subordinação como a que se dava entre o mestre e seus discípulos nas escolas rabínicas judaicas.

A organização comunitária se estrutura a partir do preceito do amor incondicional a Deus e ao próximo. Assim o amor assume um caráter universal, quer dizer, aberto a todas as realidades e pessoas. A fraternidade, o serviço e a solidariedade são formas concretas de viver esse amor.

A fraternidade exigia que as pessoas da comunidade fossem tratadas como iguais em direitos e possibilidades, o que chocava explicitamente com as estruturas patriarcais da época, nas quais primava a vontade do varão sobre os valores que dominavam o grupo familiar.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário