BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

25 de jan de 2012

"Aula de Reforço" - – Diac. José da Cruz



17 de Fevereiro  Sexta Feira
Evangelho Marcos 8, 34-9.1

                                                      

Atenção leitores! Temos feito referência á reflexão anterior porque na verdade elas estão muito ligadas e formam uma sequência de ensinamentos. Por isso a denominação da reflexão de hoje é exatamente  "Aula de Reforço".
Como o melhor de todos os Mestres, Jesus percebeu que seus alunos não tinham entendido direito a lição e com toda paciência e sabedoria se dispõe a dar uma aula de reforço lembrando as características principais do Discipulado, afinal, era isso que eles estavam aprendendo a ser: Discípulos de Jesus, onde a única diferença é que nunca teremos uma diplomação, pois nossas comunidades são na verdade Escolas Permanentes do Discipulado.
Mas Jesus não quis dar essa aula de reforço entre quatro paredes mas optou por fazer um laboratório e saiu a campo convocando a multidão e ali começou a ensinar aquilo que já havia ensinado desde o início "Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e siga-me"
O discipulado é antes de tudo uma proposta de vida "Se alguém quer...", Jesus não disse que as pessoas eram obrigadas a segui-lo, mas apenas faz um convite e propõe um desafio.
Trata-se de um desafio porque, como já vimos, o discípulo pensa as coisas de Deus e não do mundo, que nos ensina a sermos egoístas e egoístas, confrontando radicalmente com a questão de renunciar-se a si mesmo.
Trata-se de um desafio porque na pós-modernidade somos motivados a desfrutar de todos os prazeres que a vida pode nos oferecer, enquanto que ao assumir o discipulado vamos encontrar a cruz, que não pode ser rejeitada. Hoje em dia podemos dizer que há muitos cristãos seguindo a Jesus mais sem a cruz, claro que alguém inventou um Jesus sem cruz, e a multidão de iludidos e iludidas o seguem, sem se dar conta de que não chegarão a lugar nenhum.
E para que os seus alunos não desanimem de vez, Jesus informa que eles irão conseguir aprovação no final do curso de discipulado "Dos que aqui se acham, alguns há que não experimentarão a morte, enquanto não virem chegar o Reino de Deus com poder"
O discipulado quando autêntico nos faz sentir a presença do Reino de Deus em nossa vida, não como um sonho bonito que vai acabar quando acordarmos, mas como algo forte, definitivo e perene, que supera assim todo e qualquer poder humano.17 de Fevereiro  Sexta Feira
Evangelho Marcos 8, 34-9.1

                                                      "Aula de Reforço" - – Diac. José da Cruz

Atenção leitores! Temos feito referência á reflexão anterior porque na verdade elas estão muito ligadas e formam uma sequência de ensinamentos. Por isso a denominação da reflexão de hoje é exatamente  "Aula de Reforço".
Como o melhor de todos os Mestres, Jesus percebeu que seus alunos não tinham entendido direito a lição e com toda paciência e sabedoria se dispõe a dar uma aula de reforço lembrando as características principais do Discipulado, afinal, era isso que eles estavam aprendendo a ser: Discípulos de Jesus, onde a única diferença é que nunca teremos uma diplomação, pois nossas comunidades são na verdade Escolas Permanentes do Discipulado.
Mas Jesus não quis dar essa aula de reforço entre quatro paredes mas optou por fazer um laboratório e saiu a campo convocando a multidão e ali começou a ensinar aquilo que já havia ensinado desde o início "Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e siga-me"
O discipulado é antes de tudo uma proposta de vida "Se alguém quer...", Jesus não disse que as pessoas eram obrigadas a segui-lo, mas apenas faz um convite e propõe um desafio.
Trata-se de um desafio porque, como já vimos, o discípulo pensa as coisas de Deus e não do mundo, que nos ensina a sermos egoístas e egoístas, confrontando radicalmente com a questão de renunciar-se a si mesmo.
Trata-se de um desafio porque na pós-modernidade somos motivados a desfrutar de todos os prazeres que a vida pode nos oferecer, enquanto que ao assumir o discipulado vamos encontrar a cruz, que não pode ser rejeitada. Hoje em dia podemos dizer que há muitos cristãos seguindo a Jesus mais sem a cruz, claro que alguém inventou um Jesus sem cruz, e a multidão de iludidos e iludidas o seguem, sem se dar conta de que não chegarão a lugar nenhum.
E para que os seus alunos não desanimem de vez, Jesus informa que eles irão conseguir aprovação no final do curso de discipulado "Dos que aqui se acham, alguns há que não experimentarão a morte, enquanto não virem chegar o Reino de Deus com poder"
O discipulado quando autêntico nos faz sentir a presença do Reino de Deus em nossa vida, não como um sonho bonito que vai acabar quando acordarmos, mas como algo forte, definitivo e perene, que supera assim todo e qualquer poder humano. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário