BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

12 de jan de 2012

O evangelho de hoje nos dá uma demonstração de perseverança, de persistência e também de confiança absoluta em Deus - Maria Regina.


 

                                          Cada vez que refletimos sobre este Evangelho, nós descobrimos lições preciosas para a nossa vida em comunidade. O exemplo dos quatro homens é uma demonstração de perseverança, de persistência e também de confiança absoluta em Deus. Eles sabiam que se aquele homem conseguisse chegar até Jesus, ele seria curado, por isso não mediram esforços e fizeram até o impossível a fim de que o encontro acontecesse. "Jesus viu a fé daqueles homens" que levavam o paralítico até Ele! Não foi a fé do próprio paralítico que o salvou, mas a fé dos seus amigos.

                                        Por causa das dificuldades, dos empecilhos, dos desencontros de horários, muitas vezes nós deixamos por menos e não acudimos alguém que está paralítico. Há muitos "paralíticos" esperando por nós para serem apresentados a Jesus, e nada acontece com eles. Muitas pessoas nós queremos levar para conhecer Jesus e ainda não tomamos a iniciativa de conduzi-los até Ele! Qual é o espírito que nos move a levá-los? Será que nos falta fé?

                                  Ou será que duvidamos do poder de Jesus para aquele amigo "difícil"? Quais são as dificuldades e as barreiras que nos atrapalham e, por isso, não conseguimos? A mensagem que nos é dada hoje é a de nunca desistir em querer ajudar a alguém. Reflita – Você também tem fé de que Jesus pode curar os seus amigos paralíticos? – O que você tem feito para demonstrar a sua fé? – O que você entende por "paralítico"? Para onde Jesus mandou ir o paralítico depois de curá-lo? – Na sua casa tem alguém paralítico ?

Amém

Abraço carinhoso

Maria Regina 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário