BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

2 de jan de 2012

Cordeiro de Deus - Prof. Isaias da Costa


Terça-feira, 03 de janeiro de 2012

Jo 1,29-34

 

 

ANUNICE O CRISTO, CORDEIRO

O texto de hoje compreende o segundo dia e é muito curioso. Jesus vem andando em direção João Batista, que ao vê-lo faz com que o pronunciamento que ele vem se preparando para a sua vida inteira: "Olha! Não é o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo."

O que é curioso é que existem apenas dois personagens identificados na passagem de João e Jesus. Não está claro que João Batista está se dirigindo a estas observações.

Em face do que se poderia pensar que ele está tratando os sacerdotes e levitas, com quem tinha falado no dia anterior, mas eles informaram que estavam indo de volta para Jerusalém.

Outra possibilidade é que ele estava falando com seus seguidores e apontar Jesus para eles, como foi relatado por outros Evangelistas. Mas desde que o Batista faz isso no terceiro dia, podemos desconsiderar essa como uma explicação.

É apenas João Batista e Jesus, que estão presentes e João dificilmente seria dizer algo de Jesus, ele já está bem ciente. Mas uma outra maneira de olhar para isso é que talvez o João não esteja se dirigindo a ninguém em particular, mas sim a toda a humanidade, ou talvez mesmo de todo o cosmos.

Este anúncio por João marca a entrada de Jesus na cena que em seguida, chama os seus discípulos e começa um ministério de cura e de ensino que levam a seu grande ato de salvação. Podemos ver, portanto, que na verdade não ter um público claramente definido ternos propósito do Evangelista muito bem.

João Batista está fazendo uma declaração para a humanidade inteira: passado, presente e futuro.

Não há nenhuma digressão dando o nascimento de Jesus ou de genealogias ou quaisquer outros detalhes preliminares com Mateus e Lucas. Jesus simplesmente caminha no palco e começa sua grande obra de salvação.

O importante aqui não é o Cordeiro. O significado do cordeiro, a vítima sacrificial é clara e facilmente compreensível para os leitores de João. O que é importante e novo é o 'de Deus'. Jesus não é vítima de ritual. Ele é o Cordeiro de Deus, o sacrifício definitivo que tirais os pecados do mundo.

Isto é enfatizado na última frase do nosso texto, quando o Batista testifica que Jesus é o Escolhido de Deus. Ou como ele tem na maioria outras traduções, "o Filho de Deus".

João Baptista é um profeta, de fato o maior de todos os profetas. Mas nós somos profetas também. Nossa tarefa é a mesma que a sua para convidar as pessoas para olhar, para ver o significado de Jesus de Nazaré, para apontar que ele é o Cordeiro de Deus, no fato de que ele é o próprio Filho de Deus, o único que pode salvar nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário