BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

14 de set de 2011

"Uma questão de oportunidade..." – Diac. José da Cruz


03 de Outubro
Evangelho Lucas 10, 25-37
                                                         
As vezes não gostamos de pessoas tidas como oportunistas, mas esse evangelho pode ser olhado dessa forma. Recorro novamente ao futebol já que todo mundo entende um pouquinho de futebol. Temos atacantes chamados de oportunistas, não fazem grandes jogadas, parece que não estão produzindo nada dentro de campo, mas de repente, em uma bola perdida dentro da área, lá estão eles o goleador oportunista, posicionado no lugar certo e na hora certa, para fazer a ação certa, que é empurrar a bola para o fundo das redes.
Jesus nos deixou o mandamento maior que é amor ao próximo, não do nosso jeito, mas do jeito que ele nos amou, a gente não consegue se ver como pessoas que realmente cumprem esse mandamento, não vemos a todas as pessoas como nossos irmãos e irmãs, muito ao contrário...
O sacerdote e o Levita eram pessoas religiosas, vamos dizer assim, em um time de futebol, eram craques titulares absolutos, fiéis á prática religiosa, tanto é que não pararam para atender o homem caído, porque iam para suas obrigações e não podiam se atrasar e muito menos tocar em uma pessoa sangrando, senão se tornavam impuros e nesse caso, não poderiam exercer suas funções religiosas.
Já o nosso amigo Samaritano era aquele centro avante meio paradão, que parece que não contribui com o time, não era da comunidade e nem se dava com as pessoas, pois Judeus e Samaritanos nunca se "bicaram" desde a divisão do Reino, entretanto....assim que apareceu a oportunidade de fazer o Bem, ele deu conta do recado e fez bonito, pois foi além da medida, prestou os primeiros socorros, removeu o homem ferido em seu animal, levou-o a hospedaria, pagou antecipado a hospedagem e ainda exigiu um cuidado especial que na volta pagaria o hospedeiro. Provavelmente nem o conhecia e até era possível que o ferido fosse judeu, mas naquele momento o Samaritano viu nele um irmão com necessidades e sentindo-se irmanado, deu tudo de si....ao outro.
Eis aí o ensinamento essencial sobre fazer o bem ao próximo....As oportunidades de se fazer o bem a alguém, vendo nele um irmão querido, se apresenta todo dia em nossa vida, a questão é, será que aproveitamos bem as oportunidades que se apresentam, ou ainda não conseguimos conectar Fé e Vida, e achamos que ser cristão é ficar tocando a bola na nossa comunidade, sentindo-se craque naquilo que fazemos, esquecendo que o essencial do ser cristão, é amar o próximo que aparece diante de nós, com grandes ou pequenas necessidades. Quantos gols a gente perde, cara a cara, como aquele sacerdote e o Levita....

Nenhum comentário:

Postar um comentário