BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

5 de set de 2011

Jesus ressuscita o filho da viúva - Olívia


“NÃO CHORES”! OLIVIA COUTINHO
 
13 de Setembro 2011
 
Evangelho Lc 7,11-17
 
Estamos no mês de setembro, mês das flores, tempo bonito que nos mostra com maior  intensidade, a arte do Criador, no  desenho de cada flor!
Assim como a natureza nos convida a contemplar as suas maravilhas, a igreja nos convida a abrirmos as páginas do livro sagrado, para nos inteirarmos das maravilhas do amor de Deus, revelado à luz do Espírito Santo, pela boca dos profetas e pelos ensinamentos de Jesus!
Quando experimentamos  uma intimidade maior com Jesus,  vamos a cada dia, nos tornando não somente, apreciadores da  sua palavra, mas principalmente anunciador desta palavra que é fonte de vida, com nossas palavras e ações!
 Assim como a chuva que cai de mansinho sobre os jardins, despertando as sementes adormecidas debaixo da terra, a palavra de Deus nos desperta para a importância  da nossa  entrega ao amor serviço!
É o amor que nos move, que nos aproxima de Deus e do nosso  irmão, que nos  torna sensíveis diante do seu sofrimento!
Em todos os lugares por onde  passamos, encontramos pessoas carregando pesados fardos! São nossos irmãos marginalizados, esquecidos às margens, necessitados do nosso auxílio. E nós, muitas vezes, na nossa correria, esbarramos neles, mas não o enxergamos, por estarmos sempre focados nas nossas metas,  ainda não aprendemos a amar de verdade, como Jesus nos ama, estamos presos no nosso eu!  
O relato do evangelho de hoje, nos mostra a sensibilidade de Jesus diante de uma viúva que levava seu único filho para ser sepultado!
Na época de Jesus, a mulher era menosprezada, totalmente dependente do marido e quando ficava viúva, ela ficava a mercê do filho mais velho, pois quem herdava os bens deixados, era o primeiro filho homem e nunca a esposa. O filho mais velho, ficava encarregado de prover o seu sustento. Conhecedor de toda esta situação, Jesus demonstrou grande compaixão daquela viúva, que além da dor de perder o filho amado, teria que enfrentar sérias dificuldades, por não ter quem cuidasse dela.
Fica claro para nós, que a grande preocupação de Jesus, não era com a morte daquele jovem e sim, com a situação daquela viúva, dali por diante.
Jesus devolve a vida aquele jovem, não com o objetivo dele voltar a usufruir da vida, mas para estar a serviço dela, cuidando de sua mãe!  Isso nos mostra, que o sentido da nossa vida, não se resume em vivermos somente para nós, mas em vivermos uns para os outros!
O relato deste evangelho, nos desperta para a sensibilidade que devemos ter uns com os outros! Que no nosso caminhar, nunca desviemos o nosso olhar das margens do caminho, pois é lá  que estão aqueles a quem Deus confia os nossos cuidados!
Jesus tinha  um cuidado todo especial com os pequenos, principalmente com os órfãos e as viúvas, que até nos tempos de hoje, continuam sendo  discriminados por uma sociedade capitalista, que só visa lucro.
Ele nos deixa um grande ensinamento: Mais importante do que lamentar a morte de alguém,  é cuidar daqueles que ficaram, principalmente em se tratando de órfãos e viúvas.
 
O que nos chama mais a atenção neste episódio, não é  o milagre realizado por Jesus, mas a sua sensibilidade diante daquele que sofre.
 
Olívia Coutinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário