BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

4 de set de 2011

“Rezemos como Jesus” – Claudinei M. Oliveira


       
Terça - Feira, 06 de Setembro de 2011.
Evangelho – Lc  6, 12-19
            A oração é primordial na vida do cristão. Abastece da força do Espírito Santo para fortificar na longa jornada na construção do Reino. Quem vive na oração tanto reza como trabalha para que a unidade de Cristo suscite novos adores missionários. A oração deve ser constante na vida de alguém que almeja a transcendência  do Deus vivo e Modificador. Sim, Modificador porque renova as atitudes de transformação no seio do homem terreno. A oração é a vigília incessante para guiar os passos corretos do homem pecador.
            Jesus não precisava buscar na oração a força para anunciar e denunciar as maldades contra os filhos sofridos de Deus. Mas deixou este legado da oração para as gerações futuras  com intuito de seguir os seus passos para garantir a coesão com Deus. Ao subir para o monte para rezar, Jesus revelou para o mundo a necessidade de aproximar do Criador para tomar as decisões corretas. Tanto que ao amanhecer, depois de passar a noite em oração,  Jesus escolheu os dozes apóstolos. Assim,  a oração é uma reflexão saudável. 
Ela norteia os rumos a serem tomados. Sempre mostrando 
 o caminho correto.
            Ao aproximar da base do monte, ou seja, quando Jesus e Seus chegaram ao nível do homem pecador, sendo uma necessidade para a libertação, encontraram uma multidão de seguidores em busca de auxilio. Neste momento, fortificado pela oração, Jesus e os Seus libertaram os oprimidos de muitos males. Males estes que não permitiam ao homem terreno reconhecer o verdadeiro Mestre. A lição deixada aos apóstolos por Jesus é a humildade de estar no meio do povo, conhecendo as necessidades, para ajudá-los a superar os obstáculos.
            São muitas as pessoas hoje que precisam  da libertação de muitos males. São males herdados de atitudes impensadas como a avareza, a maldade, a vaidade, o ódio, o desejo da destruição. São males que não permitem a vivência do amor, da paz, da harmonia, da cordialidade e justiça. Logo, somos conhecedores da palavra de Deus, sabemos como agiu e qual seu plano para os desgarrados, temos a obrigação de levar os ensinamentos a estes irmãos perdidos. Jesus preparou os seus apóstolos e também nos preparou para sermos a extensão de seu plano.
            Temos a oração no cotidiano. Ela não pode ser fechada e sem ação. Ele deve nos fortalecer para pudermos levar os ensinamentos aos irmãos que tanto precisam. Rezemos sempre, mas lembramos dos necessitados. Voltemos nossa ação para quem muito precisa. Sejamos humildes como os apóstolos e Jesus foram: desceram do monte e curaram os enfermos e expulsaram os demônios. Acontece que fizeram  com amor e dedicação por estar a serviço do Pai. Portanto, abraçamos a causa  do Reino e façamos valer a Palavra Revelada. Amém!
-- 
Claudinei M. de Oliveira
Tenha a Paz de Cristo em seu Coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário