BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

8 de set de 2011

As dez moedas de ouro - Sal


Dia: 16 de Novembro


Lc 19,11-28

            Em Mateus, esta estória é a parábola dos talentos. Eu quero crer que Jesus usou figuras de imagens diferentes, para ensinar ou explicar a mesma lição de vida. 
            Então, é assim: Deus nos deu muitos dons: Da voz, da visão, a inteligência, etc. mais o dom maior e mais sublime dado por Deus. Foi o dom da fé. E o que Jesus quer nos ensinar nesta parábola, é que não devemos guardar o dom da fé somente para nós. Mas sim, cultivá-lo, e multiplicá-lo, ou seja, fazer com que muitas outras pessoas também passem a cultivarem o dom da fé dado por Deus.
            Estamos falando de evangelização. Aí você vai dizer: Tô fora! Porque Deus me deu o dom da fé, mais não me deu o dom da palavra. Aliás, eu nem tive oportunidade de estudar quando era jovem, portanto não posso fazer nada pela causa do Reino.
            Meu irmão, minha irmã. Está enganada. Uma velhinha beata pode evangelizar muito mais que um teólogo. Um teólogo que escreve ou fala coisas difíceis, palavras que passam por cima das cabeças dos fiéis. Um teólogo que faz descrições pueris e puramente intelectuais num exemplo de profundo conhecimento da História da Igreja e de sua doutrina, assim como da filosofia pura, não convence muito, pois como Jesus disse, está falando apenas com os lábios, e não com o coração, como costumamos dizer, para expressar, que deveria falar com piedade, com fé, com devoção... Já aquela senhora, tão contrita, que reza com a alma e com o corpo, que permanece em atitude de oração, que reverencia com profundo respeito o altar de Deus presente, ela nos convence muito mais apenas com sua conduta do que aquelas sábias palavras ditas apenas com a boca por um sábio um tanto arrogante, pelo fato de ter o domínio do saber. Ao contrário, aquela velhinha é o exemplo puro de humildade, de pureza de alma, de santidade, e que nos dá O EXEMPLO, que nos ensina a ser cristãos de verdade, apenas com a sua presença diante de Deus na hora da missa.  
            Assim, você que não teve oportunidade de estudar, que não tem o dom de falar em público, não só pode, como deve também evangelizar, muito.  Pois o exemplo  fala muito mais alto que as palavras. 
            Veja esse exemplo: Por que os franceses falam Francês? Por que desde pequenos ouviram todos em sua volta falando francês. Assim aconteceu com os alemães, com os brasileiros e todo o mundo.  Acabei de discorrer sobre o óbvio.  Porém, é uma demonstração da força do exemplo.  Se eu vou à Igreja e na hora da missa eu assisto uma missa estranha, com todos os presentes completamente distraídos como se estivessem em uma festa, eu sairia daquele lugar, pior do eu entrei.  Porém, se entro no templo, e vejo todos recolhidos, em atitude de oração, de reconhecimento da presença de Deus, se, ao começar pelo altar, vejo um padre todo solene, concentrado no que está celebrando, agindo como se estivesse realmente vendo Jesus Cristo na sua frente, se eu vejo os mais devotos rezarem com todo recolhimento e devoção, eu só tenho que acompanhar aquele ritmo sagrado, copiar aquelas atitudes de pura fé, e segui-las.
            Assim os filhos seguem os exemplos dos pais que rezam na frente deles. Nós seguimos os exemplos dos fiéis que demonstram sua fé em atitudes e orações. “A vossa luz deve brilhar diante dos homens”. A lâmpada não deve ficar debaixo da cama, mais sim no alto...”.  Precisamos evangelizar pelo testemunho vivo de fé em Deus por Jesus Cristo, não só dentro do templo, mais em todos os lugares. Não podemos enterrar os nossos dons ou talentos.
Sal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário