BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

9 de set de 2011

“Seu Único Filho, Jesus” – Claudinei M. Oliveira


       
Quarta - feira, 14 de Setembro de 2011.

Evangelho –  Lc 7,11-17

            O Filho do Homem veio ao mundo para trazer vida e não morte. O evangelista João coloca no centro da discussão o próprio Jesus com Nicodemos. Este por sua vez representa o Sinédrio, tribunal que julga e condena os opositores. Ou seja, está a favor da morte. Jesus está na outra ponta, Ele é a favor da vida e da equidade, quer o bem de todos e que vivam  como irmãos sob o mesmo teto.
           
O ensinamento  do prólogo de João neste Evangelho é a possível escolha que deve ser feito: viver em plena sintonia com o amor de Deus ou viver nas trevas! Cada individuo  tem o livre arbítrio para fazer a opção, nada vai impedi-lo. Mas ao fazer a opção o sujeito deve estar consciente de sua atitude. Ter certeza da escolha para não arrepender-se. Caso escolheu a opção da morte, com certeza, vai arcar com as conseqüências do mal. Ainda resta o perdão misericordioso de Deus. Mas se arrepender-se e desejar realmente encontrar-se com Deus, também receberá o perdão. Agora se escolheu viver na harmonia humanizadora de Deus, fez uma boa escolha e receberá as Graças de nosso Pai.
           
O que deve levar em consideração é o amor que nosso Pai tem com o seu povo. Teve a hombridade de enviar seu Filho Único para libertar o povo do pecado. Mas o que é o pecado? É o mal que não permite a boa vivência entre os irmãos. O pecado inibe as ações de gestos concretos entre o povo de Deus, o pecado é algo corroedor da essência da bondade. O pecado não permite que a Luz de Deus penetre no coração bondoso das pessoas. O pecado empobrece os cristãos, tornando-os seco e sem sal.

            Outra questão que devemos repensar é que o Filho Único de Deus enviado ao mundo não veio com a intenção de julgar ninguém. O julgamento é o empobrecimento  do homem. Assim como Nicodemos usava o Sinédrio para  julgar e violentar a essência da paz, provocava a morte do povo. Jesus veio ao mundo dar a vida e não trazer a morte. Por onde Jesus passava jamais condenou outra pessoa. Sempre o alertava para a cordialidade e para a compreensão da justiça e da paz.

            Por isso ninguém subiu ao céu, a não ser o Filho do Homem, que desceu do céu. Pois para subir ao céu é necessário conhecer por completo o nosso Deus. Ainda não temos o amor incondicional como Deus demonstrou ao enviar o seu próprio Filho  ao mundo. Temos muito  que aprender para superar o vício de julgar o outro ou até matá-lo por ganância e altivez .
            Portanto, sejamos filhos e filhas de um Deus que fez a escolha certa dando vida e amor para todos, respeitando as diferenças e enveredando caminhos corretos para aqueles que optarem pela justiça e para o Reino perfeito do pai. Sejamos a expressão do Filho único amoroso e cheio de vida nova. Sejamos um cristão autêntico preocupado com os mais empobrecidos. Sejamos Deus em nossa vida. Amém!

-- 
Claudinei M. de Oliveira
Tenha a Paz de Cristo em seu Coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário