BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

28 de fev de 2012

“Não adianta procurar sinais” – Claudinei M. Oliveira

 

Quarta - feira, 29 de fevereiro de 2012

EvangelhoLc  11, 29-32

 

Muitas pessoas buscam-se sempre os sinais dos céus para aumentar a fé no Cristo Ressuscitado. Procuram-se algo metafísico  surpreendente para corroborar a tese do caminhar correto para alcançar a salvação. Faz-se de tudo para encontrar um sinal para ter a certeza de que vale a pena lutar, entretanto, Deus não vai castigar nenhum dos filhos ou filhas que vasculham sinais para ter a confiança de que está no rumo certo, pois antes Ele enviará primeiramente um mensageiro ou profeta para  anunciar  fundamentalmente a conversão.

A conversão é imprescindível  para clarear os sinais presentes no dia-a-dia. Ao invés de ficarem  procurando sinais no além, fora do alcance da visão, que tal  mudar-se de vida e de atitude que gera morte e desconforto. Às vezes, fundamentam-se a vida em fantasias, criam-se ilusões supérfluas, desejam luxurias e não deixam de lado a arrogância. Estes requisitos cegam o individuo, deixando-os céticos das coisas visíveis, passam não acreditar na realidade concreta.

A pouca fé das pessoas leva para o encontro do irreal, daquilo que está distante, quer provar que esta sendo rejeitado pelo Criador, logo, cobra algo fantasioso  para carimbar a sua crença.  Jesus afirmou prontamente e sem pudor que estas pessoas pertencem a uma "geração má", portanto "nenhum sinal lhe será dado",  a não ser os sinais dos profetas. Ele mesmo foi um sinal vivo do Pai na terra, sofreu as dores dos irmãos, relutou contra o poder que empobrecia o homem pobre, ensinou os caminhos retos, não desanimou em animar o povo na fé, porém, foi perseguido, maltratado e morto pelos irmãos que não souberam entender sua proposta de vida.

  Os sinais estavam a sua frente, não tinham como não negar, mas a cegueira e a arrogância não deixaram vislumbrar os sinais da bondade, da caridade, do amor, do perdão e da ajuda mútua.

Hoje têm-se missionários, profetas e anunciadores do Reino. São homens e mulheres que trabalham gratuitamente na messe e não são reconhecidos pelos homens que buscam a salvação. São pessoas que doam suas vidas para anunciar a palavra da verdade, apontam melhoria na qualidade de vida, mostram-se através de exemplos maneiras de agir para conviver bem em sociedade. Nesta entrega doativa para o Reino o profeta vigente descortina a cegueira do povo com sinais visíveis, preservando a harmonia na humanidade e levando a fé na prática do agir.   

Para tanto, não basta enxergar os sinais para uma vida saudável em sociedade, faz-se necessário o querer ver os sinais e aceitar de coração sincero. Muitas das vezes, diante de nossos olhos estão tudo aquilo que procuramos no além. Porém, fazemos de contas que enxergamos. Quantos irmãos são rejeitados pela sociedade e pedem socorro e não fazemos nada. Quantos irmãos são discriminados e até queimados em praça pública e olhamos com desdém para os mesmos. Quantas crianças e mulheres  são estropiadas pela ignorância do homem patriarcal  e não sentimos as dores dos mesmos.  Através destes rejeitados, assolados, machucados Cristo está presente e sofrendo a espera de uma mão amiga, entretanto, ficamos olhando piedosamente para os céus a procura de um sinal tão distante. Acredita-se que estas atitudes significam fuga do compromisso do cristão.

Portanto, não adianta procurar sinais nos céu enquanto não voltar-se para a terra e enxergar as mazelas que causam desgraças na vida de muitos irmãos marginalizados.  Que nosso Deus, amigo e bondoso nos ajude a discernir para o bem enxergar as graças e a misericórdia aqui na terra. Amém!

Arrependa-se, converta-se e tenha fé, Claudinei M. Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário