BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

27 de fev de 2012

“Ninguém jamais falou como este homem!” - Maria Regina



24 de março

 




                                                         Naquele tempo havia divisão entre as pessoas em Israel, porque alguns reconheciam Jesus como Messias e outros O ignoravam pelo simples fato dele ser um nazareno.  Diante da insistência para que   Jesus fosse preso os guardas se recusavam a fazê-lo, pois reconheciam Jesus pelas  obras que realizava e pela Palavra que Ele dirigia às multidões. Por isso, alegavam: "Ninguém jamais falou como este homem!"  Eram esses, justamente, gente do povo, considerados malditos , pois não tinham acesso à Lei. O simples fato de terem tido uma experiência com Jesus abriu-lhes os olhos para acolherem-no como o Enviado de Deus. 
                                                        "Os sábios", doutores da Lei, que se diziam conhecedores das escrituras não O aceitavam alegando que da Galileia não viria o Messias. No entanto, eles não tinham conhecimento de que Jesus nascera em Belém.   Conheciam as escrituras, mas não aceitavam a Jesus que veio tornar a lei uma regra de vida para a felicidade interior do homem. Assim também acontece conosco: estudamos as leis, conhecemos a história, porém, se não tivermos uma experiência pessoal com Jesus, um encontro com a Sua Palavra que faz vida na nossa vida, nós nunca iremos aceitá-Lo como nosso Salvador, Caminho, Verdade e Vida. Como os sacerdotes e os fariseus, nós também vemos apenas as aparências e julgamos segundo o que o nosso raciocínio lógico nos conduz. Por amor a Deus, muitas vezes ferimos os nossos irmãos e irmãs negando o mandamento maior que é o amor ao próximo. Muitas vezes nos dividimos por causa de Jesus e nos apegamos às coisas que não têm importância em por isso, nos atrapalhamos e prejudicamos a vivência da regra de vida que é o amor a Deus e ao próximo como a nós mesmos. Somos inflexíveis nos nossos julgamentos e não deixamos que as outras pessoas se defendam e  justifiquem as suas ações.Meu irmão, minha irmã, reflitamos : Você conhece a Lei de Deus? Em que consiste a Lei e os mandamentos do Senhor?  O que você sabe sobre Jesus Cristo? Como Ele tem acontecido na sua vida?  Você já teve um encontro pessoal com Ele?
Amém.
Abraço carinhoso de Maria Regina

Nenhum comentário:

Postar um comentário