BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

24 de fev de 2012

Pediram a Jesus um sinal - Missionários Claretianos.




Quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

1ª Semana da Quaresma

Santos do Dia: 
Antônia de Florença (viúva, fundadora, bem-aventurada).

Primeira leitura:
Jonas 3, 1-10
Os ninivitas se afastavam do mau caminho. 
Salmo responsorial: 50, 3-4.12-13.18-19
Ó Senhor, não desprezeis um coração arrependido! 
Evangelho: Lucas 11, 29-32
Nenhum sinal será dado a esta geração a não ser o sinal de Jonas.

Tarefa difícil é a conversão do coração. Sobretudo quando consideramos que já estamos totalmente convertidos. Talvez isto esteja acontecendo com os ouvintes de Jesus no relato evangélico de Lucas. Escutavam a pregação de Jesus, porém não o compreendiam nem aceitavam. Viam suas obras, porém não as entendiam. Não foram capazes de compreender que Deus estava agindo no meio deles.

Seu coração e sua mente estavam empedernidos em seu ego religioso. Quando isto acontece é quase impossível que a palavra de Deus penetre no fundo das pessoas. É como um muro de contenção que se coloca para deter o caudal de uma represa. Assim é um coração voltado para o seu próprio mundo, sem deixar a menor possibilidade de abrir-se a uma outra visão diferente, a uma proposta de vida nova, transformada pela ação e pela pregação de Jesus.

O pior é pensar e sentir como já sendo batizados e como sendo pertencentes a uma instituição eclesiástica, já não precisamos transformar nossa vida. Aproveitamos ao máximo este tempo de quaresma para reconhecer os sinais de salvação de Jesus, escutar e digerir suas palavras de vida e abrir o ouvido e o coração à sua proposta de salvação. Dia estranho e peculiar, este dia 29 de fevereiro que somente se apresenta a cada quatro anos e não sempre...

Nenhum comentário:

Postar um comentário