BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

27 de fev de 2012

“Ninguém jamais falou como este homem.” -Elian



24 de março


“Não vim trazer a paz, mas a divisão”. Jesus sabia que seria causa de divisão entre as pessoas. Estava Jesus em Jerusalém, sendo ouvido pela multidão, e as pessoas davam sua opinião a respeito Dele, e eram várias as opiniões: “Este é verdadeiramente, o profeta” .... “Ele é o Messias.” ... “Porventura o Messias virá da Galileia?” Os judeus esperavam um messias guerreiro, um líder poderoso, glorioso, que os libertaria do exército e do império dominador. Mesmo com sua ação misericordiosa, acolhedora, Jesus desperta a inveja, a ira dos chefes religiosos judeus que queriam matá-lo, pois Jesus era uma ameaça ao poder e ao legalismo religioso e opressor da Judéia. Jesus anunciava um mundo, onde as pessoas tivessem vida digna, liberdade, paz, fraternidade, justiça, igualdade.
Os sacerdotes e os fariseus mandaram prender Jesus, porém os guardas não cumpriram o que lhes foi ordenado, e quando voltaram disseram: “Ninguém jamais falou como este homem.” (V. 46), os guardas acreditaram nas palavras de Jesus, reconheceram Nele o Messias. As palavras dirigidas aos guardas, foram duras e hostis: “Também vós vos deixastes enganar?” (v. 46). “Mas esta gente que não conhece a lei é maldita”(v. 49). Os fariseus deixam claro o desprezo que tinham pelo povo, principalmente por aqueles que acolheram a mensagem de Jesus. Nicodemos que já tinha se encontrado com Jesus, diz que seguindo a Lei, Jesus teria que ser ouvido antes de ser julgado e saber o que Ele tinha feito. E com uma ironia disseram a Nicodemos: “Vai estudar e verás que da galileia não surge profeta”. Quantas vezes, não julgamos alguém sem realmente sabermos a verdade? O que realmente aconteceu? Quantas vezes erramos por agir assim.
E quanta contradição causou e causa ainda hoje Jesus. O coração endurecido dos fariseus e dos mestres da lei não permitia que reconhecesse em Jesus, o Messias, aquele que por amor, daria sua vida para salvar toda a humanidade do pecado. Para termos certeza de que Jesus é verdadeira mente o Filho de Deus, se ainda não tivemos, busquemos ter um encontro pessoal com Cristo, um encontro de entrega total, em oração com muita intimidade, você e Ele. “Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho Unigênito, para que não morra todo aquele que nele crê, mas, tenha a vida eterna” (Jo 3, 16).
Oração
”Espírito de ponderação, que eu acolha Jesus com a devida prudência, descobrindo sua identidade, mediante a escuta benevolente de sua palavra.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário