BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

16 de mar de 2012

Cura no sábado?-Alexandre Soledade



Terça-feira, 20 de março
Jo 5,1-16



Bom dia!
Será que ainda acreditamos que o problema era ter curado no sábado? Será que o problema era carregar a cama no dia de descanso?
Quem acompanha nossos comentários e partilhas diárias há mais tempo sabe que o foco principal da mensagem esta naquele (a) que esta engajado (a) em algum movimento ou pastoral dentro da igreja, mas de certa forma, pelo evangelho ser sempre novo e atual, acaba acertando em cheio muitas das nossas realidades do dia-a-dia como nas relações de trabalho, familiares, interpessoais.
O paralitico tinha um objetivo – curar-se! Para que seu objetivo se concretizasse precisava estar no lugar certo e na hora certa e deixar acontecer. Consegue perceber a situação: acordar cedo, em virtude das limitações físicas e talvez da distância a ser percorrida, fazer força, carregar seu leito e como não ter na mente a idéia do fracasso ao final de um dia.
O paralítico parece “conformado”; não reclamava dos outros chegarem a sua frente, ele apenas gostaria de chegar a tempo. Quantos talvez disseram: Desista! Você não vai conseguir! Mas na coragem de continuar, Deus se manifesta.
“(…) E Deus, que vê o que está dentro do coração, sabe qual é o pensamento do Espírito. Porque o Espírito pede em favor do povo de Deus e pede de acordo com a vontade de Deus. Pois sabemos que TODAS AS COISAS TRABALHAM JUNTAS PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS, daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano. Porque aqueles que já tinham sido escolhidos por Deus ele também separou a fim de se tornarem parecidos com o seu Filho. Ele fez isso para que o Filho fosse o primeiro entre muitos irmãos”. (Romanos 8, 27-29)
Notem que nenhum dos fariseus críticos se moveu de compaixão pelo sofrimento do paralítico. Não podemos ser mais assim! Procuravam também repreendê-lo até mesmo no momento de maior alegria. Quantos de nós que vivendo um grande momento de euforia ou felicidade também recebemos críticas, comentários maldosos ou invejosos? Retorno a pergunta inicial: Será que ainda acreditamos que o problema era ter curado no sábado? Será que o problema era carregar a cama no dia de descanso?
Se você é uma liderança, um coordenador ou simplesmente uma pessoas cheia de entusiasmo e movido por um Espírito Santo que não sossega, irrequieto, empreendedor, (…), continue! Vá em frente, não desanime!
Um amigo padre, narra um fato engraçado da seguinte forma: “Se o padre da atenção aos jovens o chamam de pedófilo; se por ventura dá atenção as senhoras, ele já esta querendo algo; se dá atenção a um rapaz que tem uma dúvida, é homossexual; se essa atenção é para uma moça, é amante secreta” (risos). Não pare de trabalhar! Não tem como fugir! Sempre terá um fariseu te olhando!
Coloque uma coisa na sua cabeça: Se você esta no caminho, abraça uma causa, um projeto…
“(…) Se este plano ou este trabalho vem de seres humanos, ele desaparecerá. Mas, se vem de Deus, vocês não poderão destruí-lo, pois neste caso estariam lutando contra Deus…”. (Atos 5, 38-39)
Escrevi esse texto ano passado, mas ainda é muito pertinente e propício para hoje
Um imenso abraço fraterno!


Nenhum comentário:

Postar um comentário