BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

23 de mar de 2012

Jesus aos fariseus - Fr. José Luís Queimado



Terça-feira, 27 de março
Jo 8,21-30

Quando meditamos as passagens do Evangelho de João, podemos notar diferenças muito significativas em relação aos outros três Evangelhos, aos quais damos o nome de Sinóticos. João mostra-nos um Jesus de longos discursos e de longas reflexões, pronto a rebater as acusações dos adversários e eficiente em revelar aos discípulos a sua missão divina.
No capítulo 8 desse Evangelho, podemos ver as respostas teológicas de Jesus aos fariseus que o questionam no Templo. Jesus fala de sua obediência e de sua proximidade com o Pai. É muito válido notarmos que Ele quer convencer os fariseus da importância e da seriedade de sua missão de obediência a Deus. Hoje, com a leitura dessa passagem de João, nós queremos aprender de Jesus a sua relação de intimidade com o Pai-Amor. Quantas vezes nós nos afastamos do Deus-Misericórdia, pensando somente em nós mesmos, e acreditando exclusivamente em nossas próprias forças?
Jesus se doou completamente ao ser humano, para que tivéssemos vida em abundância e para que pudéssemos dar seguimento ao seu sonho de concretização do Reino de Paz e de Justiça. A humildade de Jesus em explicar a sua procedência divina faz com que nós nos sintamos fracos em nossa arrogância, pois o próprio Deus encarnado se faz um de nós, esvaziando-se totalmente para se aproximar mais de sua criatura.
Antes dessa discussão com os fariseus, acontece o episódio da adúltera que ia ser apedrejada pelos judeus furiosos com o adultério. Jesus não julga a mulher por ela ter cometido tal pecado, mas ele julga baseando-se no amor, único dom verdadeiro que salva e purifica os corações. Por isso mesmo é que Deus é reconhecido na pessoa de Jesus, por amar tanto a ponto de lutar contra as leis de sua época, leis que matavam os filhos de Deus.
Que hoje, nós, seres humanos, possamos nos alimentar da fonte de amor que jorra de Jesus Cristo, para destruirmos as estruturas que oprimem e matam os nossos irmãos e irmãs menos favorecidos. Se julgássemos as pessoas ao nosso redor, fazendo uso da ferramenta do amor, não cometeríamos tantas injustiças e mortes. Somente por Jesus é que chegamos ao Deus da vida, pois Ele sabia fazer aquilo que agradava a Deus. Jamais estaremos sós, se confiarmos totalmente em Deus.
Em fim, busquemos somente a Deus que nos alimenta do essencial. Não façamos igual àquele homenzinho que teve o seu sonho realizado em transformar tudo o que ele tocasse em ouro. Acabou ficando com fome, com sede e sem as pessoas que mais amava, pois tudo havia se transformado em ouro. Aquelas pessoas que recebem muitíssimos bens materiais neste mundo, e vivem por eles, acabam morrendo infelizes! Que Deus seja a nossa fonte de água viva!

Fr. José Luís Queimado

Nenhum comentário:

Postar um comentário