BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

26 de mar de 2012

Jesus anda sobre as águas - Sal




Dia 21 de abril


           Pedro também desejou experimentar a sensação de andar sobre a superfície do mar sem afundar, e pediu a Jesus que também lhe desse este privilégio. Jesus apenas disse: “ Vem”. E Pedro foi mais ao bater sobre seu corpo uma rajada de vento mais forte, teve medo, duvidou que ele realmente pudesse estar fazendo aquela proeza igual ao Mestre, e começou a afundar nas águas. Ao gritar por socorro, ele fez uma oração direta, pois Jesus Cristo estava bem à sua frente com a mão estendida para socorrê-lo, porém disse: uma coisa que já disse para mim, para você, para muitos de nós. “Por que duvidastes?”
Meu irmão, minha irmã. Jesus neste exato momento está com a sua mão direita estendida para você. É para você que vacilou um pouco na fé e está afundando no mar desta vida. Bateu um vento um pouco mais forte e você começou a afundar. Ainda não afundou. Ainda é tempo de se salvar, é só pegar na mão de Cristo que está estendida para você.
O vento que bateu em você, pode ser o vento do desemprego, do divórcio, da prisão, ou de uma enchente inesperada que destruiu sua casa e tudo que você tinha.
No caso da enchente não fique aí parado(a) pensando que foi um castigo de Deus. Porque na verdade, Deus não nos castiga, mas sim nós é que nos encrencamos, nos enroscamos nos cipós da floresta desta vida. Deus nunca nos abandona. Nós é que abandonamos Deus. Deus simplesmente permite os acontecimentos respeitando as leis da natureza que Ele criou.
Se o seu naufrágio foi por causa das enchentes, saiba que os principais culpados pelo efeito estufa são os estadunidenses e os chineses, que estão lançando na atmosfera, grandes quantidades de fumaça e outros poluentes, o que provoca o superaquecimento das águas dos oceanos, e consequentemente as chuvas torrenciais, e enchentes instantâneas. Deus não fez isso. Deus não está castigando você. Pelo contrário, Jesus neste momento está com a mão estendida para lhe socorrer.
Pedro antes de ser socorrido, fez uma oração. Por acaso você já rezou depois do ocorrido? Ou está emburrado, decepcionado com Deus? Não! Não faça isso! Nunca rompa com Deus! Seria a pior coisa que você faria em toda sua vida! Por que quando alguém se revolta com Deus e lhe vira as costas, sua vida vira um verdadeiro inferno. E repito, não se trata de castigo, não! É porque sem nos segurar na mão de Jesus, nós afundamos mesmo. Longe dele não existe felicidade.
Então. Qual é? Qual foi? “Por que, quetu tá nessa?” Já descobriu? Por que duvidaste?
Mas você vai conseguir. Garanto. É só pegar na mão Dele!
Sal.
CONCLUSÃO
Nós podemos nos encontrar com Jesus nas situações e nos momentos em que menos esperamos que isso possa acontecer e, quando isso acontece, podemos nos assustar e até mesmo nos sentir assombrados, com muito medo. Mas a nossa postura deve ser justamente o contrário disso tudo. Quando encontramos Jesus, ele sempre nos mostra algo de concreto para as nossas vidas e para onde devemos chegar, nos revela alguma coisa que nos ajuda na superação das dificuldades que encontramos, ele nos mostra que o seu amor e a sua presença não são algo abstrato nas nossas vidas, mas que a sua presença é sempre amor concreto de Deus, força de superação e conquista do novo que nos revela o Reino definitivo.
(CNBB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário