BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

22 de mar de 2012

“QUEREMOS VER JESUS”. – Olívia Coutinho



 
           Dia 25 de Março de 2012
 
Evangelho Jo 12,20-33

Estamos no quinto domingo da quaresma, nos aproximando cada vez do ponto mais alto de nossa caminhada cristã: A PÁSCOA DO SENHOR JESUS!
Já podemos alargar um pouco mais nossos passos, pois já temos uma visão mais clara da vontade de Deus e das necessidades de tantos irmãos!
A riqueza das leituras deste tempo de graça, nos leva a um encontro conosco mesmo e a nos entregarmos ao mistério do infinito amor do Pai!
Aprendemos muito nesta caminhada de fé, mas ainda há muito que aprender, pois temos uma missão muito importante: fazer chegar aos corações sombrios, a luz que não se apaga: Jesus!
Muitos querem ver Jesus, mas desconhece o caminho para chegar até Ele! E nós, que já fizemos esta experiência, temos o compromisso de nos tornar caminho, para que outros possam também vivenciar esta alegria!
Conhecer Jesus, é descobrir o verdadeiro sentido da vida, é enriquecer-se preservando o coração pobre!
O evangelho de hoje nos convida a pautar a nossa vida no exemplo de Jesus, assumindo a vivencia da fé com todas as suas conseqüências.
Enquanto as autoridades judaicas tramavam a morte de Jesus, alguns gregos, pessoas de fora do convívio dos judeus, sentiram-se desejosos de ver Jesus. Eles aproximaram-se de Felipe e disseram: “Senhor, queremos ver Jesus”! Felipe convidou André e juntos, levaram o fato ao conhecimento de Jesus. Mas Jesus, ao invés de  falar com os gregos, se dirige aos discípulos e  prenuncia  a sua volta ao Pai, o que nos leva a crer, que naquele momento, Jesus dava por encerrada a sua trajetória terrena e que a partir de então, Ele só seria conhecido por meio da cruz.
Falando claramente de sua morte, Jesus, sutilmente, delega aos  discípulos,  a incumbência  de  torná-Lo conhecido, não somente pelos gregos, mas pelo mundo inteiro.  O que realmente aconteceu apóssua morte e ressurreição. Foi a partir daí, que Jesus tornou conhecido em todos os rincões da terra. E tudo começou com o anuncio daquela pequena comunidade fundada por Ele.
Hoje, somos nós, os convocados a dar continuidade a este anuncio, principalmente com o nosso testemunho de vivencia na fé.O mundo carece de anunciadores de Jesus, pessoas íntimas Dele, que desperte no outro o desejo de conhecê-Lo.
Finalizando a sua missão aqui na terra, Jesus nos adverte sobre o perigo do apego a nossa vida terrena.  A sua mensagem é clara: somente quem é  desapegado, desprendido, é  livre para servir!
É importante observarmos, que mesmo no momento derradeiro a sua morte, quando a  angustia invade o seu coração humano, Jesus ainda encontra força  para  falar de vida, ao se referir sobre os  frutos que seriam produzidos com  a sua morte. No caminho para a cruz, Ele nos fala que uma semente só produz frutos, quando cai  na terra e morre.  Jesus fala de si mesmo, da sua própria morte, Ele é a semente que morrerá na terra para produzir frutos!
Uma semente quando não plantada na terra, permanece bonita, intacta, mas não produz frutos!
Assim somos nós, quando resguardamos a nossa vida, podemos até nos sentir protegidos de muitos perigos, mas não nos sentiremos realizados, pois não produziremos frutos de amor aqui na terra!
O primeiro passo de um seguidor de Jesus, consiste em renunciar a si mesmo, em deixar de lado, projetos pessoais, para que o Reino de Deus se  torne prioridade absoluta na sua vida de discípulo.
A opção pelo Reino, não pode subordinar-se a nenhuma outra. Por isso, o verdadeiro discípulo deve apresentar-se a Jesus completamente livre de qualquer apego.
Quem apega a sua vida, não se esvazia de si mesmo, pois o apego escraviza.
Uma pessoa apegada a sua vida, não se abre ao amor, não enxerga a necessidade do outro e assim, vai se desvinculando  do evangelho.

FIQUE NA PAZ DE JESUS! - Olívia  

Nenhum comentário:

Postar um comentário