BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

20 de mar de 2012

" O Jesus das nossas conveniências..." – Diac. José da Cruz



23 de abril - Segunda Feira - Tempo Pascal

Evangelho João 6, 22-29
     

A notícia da  multiplicação dos pães logo espalhou por toda a região, a multidão dos que não tinham pão material, ouvindo falar desse milagre, foram em busca de Jesus e seus discípulos mas não o encontraram. Veio a notícia de que eles estavam do outro lado do mar da Galiléia e logo organizaram uma Lotação e fizeram a travessia. Solução miraculosa para problemas de ordem econômica sempre fez grande sucesso, e até hoje ainda lotam templos, de pessoas que vão em busca de carreira brilhante, sucesso financeiro, prosperidade, e é claro que há os intermediários entre Jesus e a sua distinta clientela....Estes parecem ter exclusividade e além do mais, pregam um cristianismo bem a gosto do freguês, basta um pequeno "investimento mensal" e o sucesso é garantido, eles só não prometem devolver a grana, se a coisa der errado...
Jesus sabe que por que aquele povo o procura, não acha ruim, pois ele veio para que todos tenham vida plenamente e isso supõe também as necessidades materiais, entretanto, quer levá-los ao entendimento de que ele tem algo muito melhor a lhes oferecer além do pão material, é a Vida Eterna, alimentada pelo Pão da Vida que é Ele mesmo, isso requer a Fé, para que a partir dela se faça as obras de Deus.
Portanto, ter Fé em Jesus Cristo requer comprometimento, o texto não quer dizer que apenas basta ter Fé Nele, mas sim que a Força da Fé é tão grande que vai desencadear naquele que crê, esse compromisso de construir e edificar o Reino de Deus inaugurado por Jesus. Por outro lado o evangelho mostra a plenitude do Ser humano, que não é duas coisas separadas: corpo e alma, e que não pode ser visto assim, Jesus promete a Vida Plena a quem Nele crê, esta vida plena supõe também a materialidade, mas não significa que tudo cairá do céu, mas que será consequência de uma vida de comunhão e partilha, para que haja igualdade nas relações, e isso supõe o esforço humano, inclusive a bênção do trabalho, e uma organização social política, voltada para o Bem Comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário