BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

22 de mar de 2012

Tema: A obsessão do pecado e a fé que liberta - Pe. Celso



27.03.2012-Ter.da 5ª semana da Quaresma               

Santos: Guilherme Tempier/ Lídia/ Lázaro da Pérsia.

Dia mundial do circo e dia mundial do teatro.
Textos: Números 21, 4-9/ Salmo 101/ João 8, 21-30:     
Caríssimos irmãos e irmãs: quando lemos as narrativas dos evangelhos precisamos estar atentos e perceber a quem Jesus está se dirigindo num determinado momento: do contrário ficamos confusos e tem gente que até veste a carapuça sem precisão. Aqui Jesus está falando aos fariseus. Portanto só vestiria a carapuça caso me sentisse um fariseu, mas isso é tudo que não pretendo e nem creio ser... Quem, no entanto, se sente como um fariseu (puro, sabichão, dono da verdade, melhor que os outros, e etc.), então, se sinta à vontade em vestir a carapuça lançada por Jesus... É para os fariseus que o Senhor Jesus disse estas palavras tão duras: “vós sois daqui debaixo, eu sou do alto. Vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo. Disse-vos que morrereis nos vossos pecados, porque, se não acreditais que eu sou, morrereis nos vossos pecados” (vers. 23). Isso conforme S. João, que não gostava por nada dos fariseus! O pecado deixa a alma obcecada e a inteligência fraca, desse modo os fariseus foram incapazes de compreender Jesus. E Jesus fala que “quando tiverdes elevado o Filho do Homem, então sabereis que eu sou, e que nada faço por mim mesmo. Mas apenas falo aquilo que o Pai me ensinou. Aquele que me enviou está comigo. Ele não me deixou sozinho, porque sempre faço o que é de seu agrado” (vv. 28 e 29). E s. João conclui dizendo que enquanto Jesus falava isso, “muitos acreditaram nele”. E nós concluímos com São Paulo, que esses foram justificados pela fé e salvos, portanto!
O símbolo da serpente de bronze erguida no deserto serviu para que os judeus ao levantar a vista levantassem também o coração para Deus. Agora a cruz redentora de Jesus, erguida no alto do Calvário, tem um poder infinito de salvação porque o amor misericordioso de Deus, manifestado em Jesus, não tem limites, pois seu amor é eterno.
Com o salmista abramos nosso coração num hino de gratidão a Deus:
Para as futuras gerações se escreva isto, e um povo novo a ser criado louve a Deus. Ele inclinou-se de seu templo nas alturas, e o Senhor olhou a terra do alto céu, para os gemidos dos cativos escutar e da morte libertar os condenados.
−Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!
[Colab.: pe. Celso Nilo Luchi,CR].


Nenhum comentário:

Postar um comentário