BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

26 de mar de 2012

Jesus aparece aos discípulos - Sal



22 de abril


Lc 24,35-48

             Os dois discípulos da estrada de Emaús contavam o que havia acontecido na estrada como Jesus havia aparecido no meio deles, porém eles não o reconheceram. E também falavam de como eles tinham finalmente reconhecido o Senhor quando ele partiu o pão. Enquanto estavam contando isso, Jesus apareceu de repente no meio deles com as portas e janelas fechadas. E para que eles se acalmassem, Jesus ordenou que tocassem em suas cicatrizes, e acabou comendo um pedaço de peixe. Toquem em mim e vocês vão crer, pois um fantasma não tem carne nem ossos, como vocês estão vendo que eu tenho. Os discípulos não sabiam o que dizer meio duvidosos, porém estavam muito alegres e admirados.
 Depois de comer o peixe, Jesus disse: - Enquanto ainda estava com vocês, eu disse que tinha de acontecer tudo o que estava escrito a meu respeito na Lei de Moisés, nos livros dos Profetas e nos Salmos.
Quando ouvimos na liturgia da missa as leituras do livro dos profetas, poderíamos questionar se realmente eles tiveram experiências com Deus. Certa vez um jovem me interrogou: Professor, disse ele. Fico intrigado quando ouço nas leituras: Assim fala o Senhor... (Ele estava se referindo às leituras dos referidos profetas). Eu me pergunto. Fala sério! Deus falou mesmo àqueles homens? Ou será que eles colocaram palavras na boca de Deus?  Como você me explica isso?
Respondi. Jovem, realmente Deus falou pelos profetas. Não que Deus tenha aparecido a todos eles e ditou todas aquelas palavras. Você certamente já ouviu falar em INSPIRAÇÃO. Certo? Pela inspiração do Espírito Santo, Deus colocou as palavras nas bocas dos profetas. E não os profetas colocaram as palavras na boca de Deus!  Veja. Quando o sacerdote faz o sermão, está falando pela inspiração de Espírito de Deus. Do mesmo modo, quando o escritor sagrado escrevia, aquelas palavras eram ditadas por Deus, num processo de inspiração. Do mesmo modo, o catequista recebe iluminação especial para ensinar a palavra de Deus. Os profetas não eram homens lunáticos, fanáticos, ou com problemas de alucinações. Pelo contrário.  Os profetas eram homens escolhidos por Deus como intermediários entre Deus e os demais homens. Eles, os profetas, foram instrumentos iluminados de Deus, par iluminar o mundo. Tanto é verdade, que o próprio Jesus fez várias referências aos profetas, como o fez no Evangelho de hoje. 
Para a nossa alegria, aquele jovem, sanou a sua dúvida, e não teve mais problema de questionamento de fé ao ouvir as leituras dos livros dos profetas. Isso foi dito por ele dias depois no curso de crisma.
Deus nos fala através da boca do padre, do catequista, do leitor que lê as escrituras, assim como também nos fala através dos acontecimentos. Fiquemos, pois ligados para ouvir Deus.
Amém,  Sal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário