BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

28 de mar de 2012

Eu sou o pão vivo descido do céu - Sal



24 de abril


Eu sou o pão vivo descido do céu.
            Jesus está dizendo que Ele é a comida, o verdadeiro alimento da nossa alma. O alimento que comemos para fortalecer e manter o nosso corpo, não nos livra da morte. Porém, o pão descido do céu nos livrará da morte eterna. Nos tornará vivos para sempre.
            É bom que estejamos preparados para receber este pão vivo. E estar preparado é não ter cometido pecado mortal. Se o fizermos, precisamos procurar o sacerdote para nos absolver, para nos perdoar. Ele recebeu o poder de perdoar do próprio Jesus que disse aos primeiros padres: "Aqueles a quem vocês perdoarem serão perdoados..."  E o sacerdote da sua paróquia é descendente dos discípulos, pois Jesus prometeu: "Eis que estarei convosco até o fim do mundo" . É evidente que aqueles discípulos não viveriam para sempre. Jesus estava se referindo à herança do poder que Ele acabara de lhes atribuir.   
Precisamos buscar o perdão dos pecados mortais, ou o perdão do acúmulo dos pecados leves. Pecados veniais, nós os cometemos diariamente. Porém como somos salvos pela graça de Deus e não pelos nossos merecimentos, contamos com a sua misericórdia, desde que nos comprometemos em nos esforçar para evitar o pecado e fazer o bem.  
Na verdade nunca estaremos dignos de receber este pão da vida, porém, confiantes no poder do padre de rogar por nós no início da Santa Missa, quando ele faz uma absolvição geral pelo nossos pecados veniais ou leves, ousamos nos aproximar do altar para receber o alimento para a nossa alma, o próprio Cristo o pão vivo descido do céu,  que se ofereceu a nós como alimento.
            Jesus ao dizer que Ele é o pão descido do céu, estaria preparando os seus ouvintes para a instituição da Eucaristia, a qual foi realizada no dia da última ceia com seus discípulos.
            Hoje, como naqueles dias após a última ceia, nós também comemos o corpo de Cristo, o pão vivo descido do céu, na hora da comunhão, porque o sacerdote recebeu de Cristo o poder de transformar o pão e o vinho em seu corpo e seu sangue para o alimento da nossa alma. Para nos fortificar na fé, para nos dar forças contra o pecado, contra as tentações, contra os nossos vícios que nos arrastam para o pecado.
Sal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário