BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

30 de mar de 2012

Quem comer desse pão viverá eternamente – Sal



26 de abril

         Jesus prometeu que quem comer  o seu corpo e beber o seu sangue viverá eternamente. Ele estava falando da Eucaristia, inventada por Ele na última Ceia. 
         Quem comer a minha carne estará em mim e eu nele. Isto significa que quando acabamos de receber a hóstia consagrada, estamos em Deus e com Deus. Ele estará em nós, até o expulsarmos pelo pecado. Porém, se este pecado foi leve, se não foi com a intenção de ofender ao Pai, poderemos ser absolvidos pela oração do ato penitencial no início da missa, e se estivermos contritos e com confiança na misericórdia de Deus. Dessa forma, depois do ato penitencial, poderemos comungar. Pedir, em seguida, forças para vencer a toda sugestão de pecado mesmo que seja leve.
         Porém, se o nosso pecado for mortal, se for uma falta grave, não devemos entrar na fila da  comunhão, para que não venhamos a comer e bebera nossa própria condenação.
         Receber o corpo e sangue de Cristo na Eucaristia é a coisa mais maravilhosa da a nossa existência! Quando fazemos isso, recebemos o Cristo que se fez alimento. É o próprio Deus que nos deu a honra de vir habitar em nós. Quando comungamos, ficamos fortes, com mais capacidade de perdoar, de tolerar as injustiças e incômodos do próximo, ficamos mais caridosos, respeitosos, bondosos, e com mais forças para resistir às tentações, para corrigir os nossos defeitos, porque passamos a olhar o mundo e principalmente as pessoas, com o olhar de Jesus que está em nós. 
         Quando estamos com Cristo pela Eucaristia, a nossa vida tem sentido. Ao contrário daqueles que têm tudo e estão insatisfeitos, nós, com Cristo somos felizes com o que temos.
         Quando estamos com Cristo, em Cristo e por Cristo na Eucaristia, somos quase santos e a coisa mais agradável que nos acontece é na hora da oração. Pois é muito bom, muito mais prazeroso e gratificante, falar com Deus, quando Ele está mais perto de nós. Quando Ele está dentro de nós. Assim, poderemos pedir o que quisermos. Poderemos pedir-lhe a cura dos nossos males, dos nossos vícios, das nossas enfermidades, pois, assim como Jesus curou os dentes, poderá curar-nos, desde que tenhamos fé o bastante na sua misericórdia infinita.
         “Aquele que comer a minha carne e beber o meu sangue terá a vida eterna”.   É a pura verdade, a pura promessa de Cristo. Porém, é preciso entender, que teremos a vida eterna se ao morrermos, estivermos em estado de graça. Ou seja, aquele estado de santidade do pós comunhão, deve perdurar até a nossa hora. Caso contrário, se cometermos faltas graves, poderemos não merecer ter a vida eterna prometida pelo Filho de Deus.
         Dessa forma, não basta apenas tomar a hóstia para já está merecedor da salvação eterna. Aquele que cometeu crimes bárbaros, e baseando-se nessa promessa de Cristo, entrar a fila da comunhão e receber Cristo eucarístico, que não vanglorie dizendo que a sua salvação já está no papo. Que, segundo as palavras de Jesus, ele está salvo, não obstante os seus crimes cometidos.  Errado! Pois Jesus garantiu a salvação aos que recebem o seu corpo e permanecem nele pela preservação da vida da graça, ou do estado de graça, através de uma atitude sincera de conversão.
         Sal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário