BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

12 de mar de 2012

A mudança não começa no outro.- Alexandre Soledade

 

 

Bom dia!


Certa vez ouvi frei Alceu dizer: "Pela oração vamos ao encontro de Deus e ao sermos expostos ao sofrimento, Deus vem a nosso encontro". Sim! Deus bem sabe a quem envia os seus profetas, no entanto, mesmo sendo Deus a enviá-los, nem sempre serão bem recebidos, ouvidos, acolhidos (…).

Primeiro ponto…

Levar a palavra de Deus aos irmãos requer muita coragem, pois essa mesma palavra que edifica, consola e renova a vida também pode exortar, chamar a atenção, corrigir. Falo isso, pois enquanto as pessoas ouvirem palavras de edificação, consolo ou vida não terás problemas, mas todas as vezes que o profeta levantar sua voz para denunciar, causará a revolta daqueles que vivem na penumbra.

Devemos omitir a exortação? Não!

Anunciar a Palavra é "acostumar-se" com expressões "santo de casa não faz milagres", "quem é você", "quem você pensa que é", entre outras. É acostumar ouvir criticas sem fundamento, apelidos pejorativos, ofensas, perseguições, deslocamentos e projeções. É "acostumar" com a idéia de isolamento social, fofocas, "disse-me-disse", no entanto… VALE MUITO A PENA CONTINUAR…

Segundo ponto…

Deus nos manda, portanto devemos ir. Nunca disse que seria fácil. Nunca escondeu as perseguições e as dificuldades pelo caminho. Nunca disse que seria um mar de flores, (…), mas SEMPRE nos alertou. Alertou dos falsos profetas, das noites mal dormidas, das perseguições por causa do Seu nome. Ordenou que vigiássemos e orássemos; que não pulássemos do barco; que as inconstâncias seriam passageiras (…). Disse que pela fé caminharíamos sobre as águas, removeríamos montanhas, venceríamos o inimigo.

"(…) Vede, eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos. Sede, portanto, prudentes como as serpentes e simples como as pombas". (Mateus 10, 16)

Se tivermos que falar, falemos; denunciar, denunciaremos! Se pudéssemos buscar um culpado para a vida que o povo de Deus leva hoje em relação às diferenças sociais, pobres e ricos, assistidos e abandonados, teríamos muitos personagens, mas se procurássemos cúmplices teríamos começar por nós.

Reparemos como nos comportamos. Somos bem próximos àquele povo narrado na primeira leitura. Um povo que dificulta o trabalho de Deus! Um povo que sabe desestimular mais que ajudar a contruir; um povo que fala, mas não consegue por em prática. Ainda nos falta coragem pra assumir que DE FATO o REINO DE DEUS É POSSÍVEL.

Espelho em Dom Bosco que "testava" a batina dos seus seminaristas para ver se eram resistentes aos puxões das crianças, se eram próprias e fortes o suficiente para a lida com os adolescentes.

Deseja o reino? Ponha-se a serviço! A começar em mim!

Isso me fez lembrar quando dois discípulos, através de sua mãe, foram citados para ocupar um lugar de destaque perante aos outros:

"(…) Jesus lhes disse: 'Não sabeis o que estais pedindo. Podeis beber o cálice que eu vou beber? Ou ser batizados com o batismo com que eu vou ser batizado?' Responderam: 'Podemos'. Jesus então lhes disse: 'Sim, do cálice que eu vou beber, bebereis, com o batismo com que eu vou ser batizado, sereis batizados. Mas o sentar-se à minha direita ou à minha esquerda não depende de mim; é para aqueles para quem foi preparado". (Marcos 10, 38-40)

A mudança não começa no outro.

Um imenso abraço fraterno!

 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário