BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

17 de jun de 2011

ENTRAI PELA PORTA ESTREITA... - Olívia Coutinho


 

21 de junho de 2011

 

Evangelho Mt 7,6.12-14

 

Na nossa caminhada de discípulos e missionários, estamos sempre  propensos a encontros e desencontros!

Neste nosso caminhar, deparamos com situações que muitas vezes nos deixam tristes, como encontrar irmãos, que ainda não fizeram a experiência do amor de Deus em suas vidas! Uns, porque ainda não foram despertados para a alegria deste encontro com Deus, outros, porque já fizeram opções por outros deuses: o dinheiro, a fama, o poder, o prazer...

É nestes momentos, que muitas vezes, movidos pelo desejo de convidar a todos, a provar da água viva que bebemos, corremos o risco de nos  precipitar em lançar a semente, em terras áridas, onde certamente ela não germinará.

Jesus, conhecedor das nossas boas intenções e também de nossas ingenuidades, nos deixa orientações fortes, na intenção de nos  prevenir, contra esses desencontros, que pode  às vezes, nos desestimular da missão.  

Esta, certamente, continua sendo uma das grandes preocupações de Jesus: não querer que nenhum discípulo, desista do compromisso assumido com Ele, por causa da recusa de alguns poucos, as proposta do Reino!

 No evangelho de hoje, percebemos mais uma vez, o cuidado de Jesus, em instruir bem os seus  discípulos, para que eles pudessem superar  todos os desafios. Desafios, inevitáveis, na difícil missão de semear a palavra Deus e torná-la fecunda, num mundo, onde nem todos estariam abertos a ela! 

Sendo Jesus, o próprio Deus, Ele já sabia por antecipação, dessas dificuldades e aborrecimentos que todos anunciadores do Reino, encontrariam pelo caminho.

A orientação dada por Ele, descrita neste evangelho, a princípio pode nos soar enigmática: não dar aos cães as coisas sagradas, nem jogar pérolas aos porcos. São palavras duras, que nos assustam, palavras difíceis de serem compreendidas, mas aos poucos, vai clareando em nós, o que no fundo, Jesus quer nos dizer. Na verdade, é um cuidado especial que Ele quer ter, com o evangelizador e com os frutos do seu trabalho!

Sua recomendação, é que devemos ser muito cautelosos nos nossos trabalhos missionários! Não devemos sair por aí, lançando a palavra de Deus em corações fechados!

Se insistirmos em fazer o contrário, além de feridos, perderemos tempo, deixando de anunciar a boa nova a outros, que estão sedentos deste aproximar de Deus!    

O que não quer dizer, que devemos desistir dessas pessoas,  devemos ser pacientes com elas, dar tempo ao tempo, quem sabe um dia, o nosso testemunho cristão, poderá  tocá-las?

 A palavra de Deus não pode ser imposta a ninguém, deve ser sim, uma proposta, a pessoa certa, do jeito certo e na hora certa.

Sabemos que é inútil querer levar alguém a converter-se ao Reino, contra a sua vontade. A palavra Deus, só produz frutos no coração de quem a acolhe com total liberdade. Querer forçar alguém a acolhê-la, seria fazer mal uso desta palavra, que é palavra de vida eterna!

Por tanto, as coisas santas, que são as pérolas de Deus, com certeza, têm destinatários que as acolhe com o carinho que elas merecem!

Quem faz a opção pela porta estreita, vai encontrar essas e muitas outras dificuldades para levar avante a sua missão, mas terá a alegria  permanente, da constante presença de Deus em sua vida!

A porta larga, nos oferece inúmeras  opções, o ter o poder o prazer, mas nunca nos trará a felicidade Plena!

Deus nos pede para termos um coração largo para amar! 

E para dar a Deus, esta resposta de amor, é preciso passar por esta porta estreita.

 

Olívia Coutinho

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário