BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

22 de abr de 2012

Jesus apareceu para seus discípulos - Claudinei


Quarta – feira, 25 de Abril de 2012.
Evangelho: Mc  16,15-20

            No Evangelho de hoje Jesus apareceu para seus discípulos e pediu que continuasse seu projeto de libertação.  As obras iniciadas não poderiam ser paradas, pois aqueles que acompanharam de perto a vivacidade de Jesus tinham que dar sustância para o crescimento do Reino.
            A preocupação de Jesus com seu projeto fez a comunidade de Marcos refletir um pouco mais. Marcos sentia a necessidade de levar novas reflexões de ânimo para ascender à chama do trabalho missionário. Ao voltar-se para as palavras de Jesus, propõe-se na comunidade o ardor apostólico, pois aqueles que levarem avante as riquezas das bem-aventuranças serão protegidos de todos os males e nada de errado apoderar-se das suas entranhas. Nas palavras do Mestre Marcos relata: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!”
A missão da comunidade de Marcos consistia no anúncio da palavra revelada pelo Pai. O Evangelho não poderia alimentar somente um grupo fechado de cristãos, o Santo Evangelho deveria ultrapassar as fronteiras da ignorância e da intransigência do mundo romano. Nada poderia segurar ou tentar aniquilar o anúncio da boa-nova. Jesus lutou para que o homem conhecesse de perto o caminho que levasse ao encontro do Senhor e para tanto seus discípulos deveriam fazer o Evangelho alcançar os quatro cantos da terra.
 A bela frase citada pelo evangelista Marcos ainda é contemporânea. Hoje somos a comunidade de cristãos que deve levar o anúncio da paz, da fraternidade e da unidade. Para que isso aconteça é preciso ser humilde. Aceitar os ensinamentos do Mestre e, na humildade, levar para serem degustadas por todas as pessoas. Somos a comunidade de Marcos que tem a missão de não deixar a luz ser ofuscada por elementos estranhos. Somos, com todo respeito e amor, a comunidade cristã, presente e preocupada, com o Reino da igualdade.
O evangelista Marcos ainda escreve nas palavras de Jesus: “quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado”. Neste argumento de comprometimento não temos como escapar do serviço. Buscamos na igreja o batismo para fazer parte da família de Cristo, comprometemos com a igreja de servi-la em todas as circunstâncias, tudo isso para garantir o passaporte para o céu. Mas em contra partida esquecemos-nos de levar o anúncio do Evangelho e fazemos de conta que não lembramos mais das promessas feitas pelos nossos pais e padrinhos. Assim, a luz acesa no círio pascal vai se apagando com o tempo. Nada mais será claro e o caminho começa a ficar cheio de percalços. Os tropeços serão inevitáveis e a meta não será alcançada.
Então ouvimos frases soberbas de cristão desatento de que Deus se esqueceu de atender seus pedidos, foi abandonado pelo criador e, portanto não tem mais fé. Perdeu a esperança e a crença no Deus Verdadeiro. Isto não passa de fraqueza e desamor com o Criador. Ele fez de tudo para nos atender, até enviou seu filho amado para ser massacrado pelos malvados e, nós, nos momentos de rejeição do Criador sopramos blasfêmias “imperdoáveis”.
Precisamos revitalizar nossa fé e fazermos como os discípulos após o encontro com Jesus. Levantar a cabeça e partir para o campo de batalha. Não ter medo de falar de Deus e do seu amor para com seu povo. Apresentar com vontade e querer o Deus da vida e da alegria. Este Deus que caminha com seu povo desde formação do primeiro homem e da primeira mulher faz-se presente em todo tempo e espaço. Quer o bem dos filhos que souberam encontrá-lo para pedir, agradecer e louvar pelas maravilhas que fizestes.  
Portanto, ir pelo mundo e anunciar a palavra de Jesus  é a nossa missão de cristão que almejamos um dia morar na eterna casa celestial junto com o Criador. Para isso formos batizados e selamos o compromisso como fiel e amoroso com o Reino da paz. Amém.
            Claudinei M. Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário