BOM DIA

BEM VINDOS AOS BLOGS DOS

INTERNAUTAS MISSIONÁRIOS

SOMOS CATÓLICOS APOSTÓLICOS ROMANOS, MAS RESPEITAMOS TODAS AS RELIGIÕES. CRISTÃS OU NÃO.

CATEQUESE PELA INTERNET

LEIA, ESCUTE, PRATIQUE E ENSINE.

PESQUISAR NESTE BLOG - DIGITE UMA FRASE DE QUALQUER EVANGELHO

15 de abr de 2012

" O Homem que não queria arriscar-se indo além..." –Diac. José da Cruz


28 de maio - Segunda Feira - Tempo Comum

 

Evangelho Marcos 10, 17-27

 

          

 

Os evangelhos sinóticos estão repletos de passagens onde os ouvintes são estimulados a irem além no seu testemunho cristão. Podemos citar comparações simples que nos ajudarão nessa reflexão. A pesca na beira mar é muito divertida, certa vez na praia, eu até fiz essa experiência, mas é muito difícil de se fisgar um peixe grande, seria pura sorte. Pescador que não gosta de se arriscar e permanece ali na beira mar, nunca vai pegar grandes peixes, certa ocasião Jesus disse aos pescadores da Galiléia para jogarem as redes em águas mais profundas, isso significa avançar para o meio do mar, lá onde os ventos sopram mais forte e quando vem as tempestades e as ondas bravias, o frágil barquinho parece que vai afundar.

No evangelho de hoje encontramos esse homem, que não sabemos se é jovem ou adulto, mas é alguém que queria ir além e cheio de entusiasmo procurou a Jesus, na certeza de que ele tinha algo novo nesse sentido. Esse homem tinha um grande desejo e vontade, alcançar a Vida Eterna, podemos dizer que ele buscava as coisas do alto....Estava no caminho certo e buscou a pessoa certa....Jesus Cristo. Só que havia um pequeno problema, ele tinha uma segurança nos bens materiais. Deus o abençoara com a prosperidade que lhe fazia muito bem e lhe dava grandes alegrias.....

Primeiro Jesus lhe coloca o cumprimento da Lei como um primeiro caminho, podemos pensar que naquele momento o homem se alegrou e talvez até tenha pensado "Essa eu tiro de letra". Hoje em dia temos muitos cristãos que pensam assim, que está tirando de letra o seu trabalho pastoral, nas suas obrigações para com a Santa Igreja, em uma conduta moral irrepreensível, em uma integridade que chega a dar orgulho. É difícil falar alguma coisa de pessoas assim.....e tem que vasculhar muito a vida delas, para se achar um pecado, mas o bem que fazem e o jeito que vivem é tão perfeito que nem dá para se considerar este ou aquele pecado que venham a cometer lá de vez em quando.

Estava tudo muito bem, lindo e maravilhoso, o homem seguia com seriedade todos os mandamentos e fazia todas as suas obrigações.Jesus agora o iria confirmar como alguém que praticamente já têm a Vida Eterna, já conquistou o seu Galhardão, o passaporte para o céu....Mas eis que vem o balde de água gelada....."Só te falta uma coisa, vai, vende tudo o que tens, dê tudo aos pobres e depois vem e segue-me....."

Um detalhe importante, o homem fora sincero com Jesus, ele de fato queria algo mais, ir além...e Jesus também não teve a intenção de magoá-lo, quando lhe fez essa proposta, o texto inclusive fala que Jesus o olhou e o amou, pois viu naquele homem que queria algo mais, um futuro discípulo....

Não são as riquezas e bens materiais que nos põe a perder, mas o modo de como nos relacionamos com elas. Hoje em dia, vencer na vida significa ser bem sucedido em uma carreira ou negócio, deixar de ser um assalariado e ter um ganho extraordinário, viver de maneira confortável e luxuosa. Junto com isso vem o poder, a fama e o prestígio e toda uma bola de neve para colocar o homem no Top Model onde, só é mesmo feliz nesta vida quem faz parte da lista dos mais ricos do planeta.

E como um homem vai poder confiar totalmente em Deus, e partilhar a sua vida e seus bens com os irmãos e irmãs empobrecidos? Não seria mais fácil continuar sendo rico e talvez aumentar o valor do seu dízimo, fazer gordas e generosas contribuições para as causas sociais? Deus não quer a nossa riqueza ou qualquer bem material, ele quer o nosso coração, a doação de valores ou de bens materiais é só uma consequência do que somos.

Para ser assim  só há um caminho, irmos além de um cristão cumpridor de seus deveres, e só quando alargamos o nosso coração e colocamos nossa total segurança em Deus, é que estamos preparados para ser discípulos. Quem não gosta de se arriscar na doação e no amor aos pobres, colocando limites até onde pode chegar, não deixa de ser amado por Deus, como este homem, mas não está preparado para ser Discípulo......

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário